27/01/2009

SAUDOSAS BOLACHAS _ 10

MENSAGENS POLITICAS NUM CONTEXTO ROMANTICO


Originários do agitado meio universitario dos anos 60, dois excelentes músicos/compositores deixaram seus registros em 1970. Um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro; ambos cantando o amor e coisas da vida e do país, preocupados com uma mensagem no contexto da canção e levando neste embojo um toque dramático, eloquente e melancólico. Ivan Lins e Taiguara.



IVAN LINS
AGORA (1970)

Ivan Lins nasceu no Rio de Janeiro em 1945. Passou parte de sua infância nos Estados Unidos. Durante a adolescência aprendeu a tocar piano e desenvolveu suas preferências pelo Jazz e Bossa Nova, fato comum entre os adolescentes de classe média alta no Rio entre os anos 50/60.
Nos anos 60 ele ingressou na UFRJ cursando Engenharia Quimica. Lá presenciou o movimento estudantil contra a ditadura militar do pais, algo que marcou intensamente o seu trabalho, principalmente no concepação temática e na forma incisiva e dramática como canta no início de sua carreira.
Em 1968 sua música “Até o Amanhecer” defendida por Ciro Monteiro no Primeiro Festival da Canção e obtém o segundo lugar. Em 1970 no V Festival Internacional da Canção, ele mesmo defende sua musica “O Amor é o Meu Pais” e novamente obtem a segunda colocação. Esta música, uma balada com influencias ritmicas causou polemica em volta do tema que abordava. Uns acusavam a musica de fazer um favor a ditadura militar que era extremamente ufanista e outros viam a indepencia dos versos que cantam um amor ao país, simplismente. Com estes sucessos e contratado por uma gravadora, ele lança no mesmo ano “Agora”, que alem de “O Amor é o Meu Pais” traz o seu primeiro grande sucesso: “Madalena” (Ivan Lins e Ronaldo Monteiro).
Escute a primeira gravação de “Madalena”, por Ivan Lins no disco “Agora”(1970). Esta música se tornou uma das mais regravadas na historia da canção brasleira e até hoje ainda é tocada e executada por amantes de MPB e Samba Jazz.






TAIGUARA
VIAGEM (1970)

Taiguara Chalar da Silva nasceu em 1945 na cidade de Montivideu, Uruguai. Filho do músico/maestro Ubirajara Silva, mudou-se para o Rio de Janeiro aos 4 anos de idade. No inicio da adolescência mudou-se para São Paulo e foi lá durante o curso de Direito no Mackenzie que começou a desenvolver seu trabalho musical. Fez parte do grupo da Bossa Nova Paulista. Em 64 fez parte Sambalanço Trio com Cesar Camargo Mariano e Artur Moreira e trabalhou no Teatro Arena. Durante este periodo inscreveu várias canções nos Festivais seguindo o estilo de sua formação.
Porém em 69, Taiguara se deixou influenciar pela musica jovem de então e partiu para um trabalho autoral, concentrado em fazer baladas. Deste processo ele lançou seu quarto disco “Hoje” e obteve um grande sucesso. A canção-título do disco foi um dos hits de 69.
Em 1970, Taiguara seguindo esta veia criativa lança “Viagem” e repete o sucesso do disco anterior, marcando a música jovem de então com seu canto melodioso e melancolico.
Escute “Universo do Teu Corpo”(Taiguara) uma das canções mais expressivas da “Viagem” de Taiguara em 1970.

2 comentários:

Luizebas disse...

Olá.

Primeiramente, gostaria de te parabenizar pelo site. Muito completo, com artigos muito bem estruturados. Parabéns!

Segundo, estou aqui para lhe propor uma espécie de parceria. Sou dono do http://www.E-Book-Gratuito.Blogspot.Com, um site de download de e-books e livros totalmente grátis.
Temos a meta de disponibilizar uma vasta biblioteca virtual para todos que tiverem um acesso a internet.

A parceria seria muito simples: Você adicionaria o nosso link no site de vocês (No menu lateral), e eu adicionaria o link de vocês em meu site, também no Menu Lateral.

Me contate através de meu e-mail: ownedzao@yahoo.com

Muito Obrigado,
Luiz!

Val Becker disse...

Oi, Paul, querido!
E viva 1970 :)
Você recebeu meu email?
Beijo.