30/01/2009

PRATAS DA CASA ONDE VIVO AGORA

(fotos:pconstantinides_FL)

Vivo no Sul da Florida há nove anos. Nestes ultimos em que me dedico a fotografar e escrever a respeito de música, tive o prazer de conhecer artistas, músicos, performers e produtores brasileiros radicados por aqui.
Deste grupo ressalto quatro cantoras de grande qualidade;
Rose Max, Beatriz Malnic ,Mariana Martim e Maguinha.

BEATRIZ MALNIC
Cantora paulista, graduada em música pela USP, estudou composição, piano e condução de coro. Excursionou pela Europa com Vinícius de Moraes e Toquinho. Trabalhou com Chico Buarque de Hollanda e Roberto Menescal. Vive há mais de uma década no Sul da Flórida. Tem um disco gravado nos anos 90 pela Warner Music com produção de Roberto Menescal.
Atualmente esta envolvida em dirigir, orquestrar e conduzir o bem sucedido grupo vocal “Brazilian Voices”’, junto com a cantora paulista Loren Oliveira; com o qual gravou dois CDs.
Em 2007 gravou com seu marido, o baixista Don Wilner,o belíssimo trabalho solo, o cd: “Estrada do Sol”; que contém sensiveis regravações de bossas e canções brasileiras; e onde se confere a sofisticaçao envolvente de sua
voz cativante.


Escute Beatriz Malnic cantando “O Cantador”(Dorival Caymmi/Nelson Motta) , extraido do “Estrada do Sol”.




MAGUINHA
Magda Machado, a Maguinha, é cantora, poetisa e compositora. Goiâna, saiu do Brasil devido o peso da ditadura militar sobre sua família no ano de 1970. Estudou pedagogia em NY e entre os anos 70 e 80 cantou no grupo de Dom Um Romão, Sérgio Mendes, Weather Report entre outros.Viveu durante uma década na Itália e desde 97 vive no Sul da Flórida.Sua discografia independente inclui: “ Verde e Luz” (Brasil, 1983), “Earth and Sky/Terra e Céu”,(Orlando, 2005), “The Sound and The Feeling”, um projeto de free-jazz com Saulo Ferreira, (Miami, 2006) e “Voyage to Vera Cruz”, feito com o violonista Douglas Lora (Hollywood, 2008).Este último disco, agraciado pela Brazilian International Press como “Melhor Disco Brasileiro gravado no exterior em 2008”. “Voyage to Vera Cruz” é um belo disco que traz canções da terra. A fina voz de Maguinha é um fio condutor que nos leva à essência de uma imagem gravada no inconsciente brasileiro, onde se vê uma estrada de terra, o movimento do vento nas copas das árvores; se sente o frescor das sombras e o calor bravo do sol.

Escute “ Pedro Véio”(Maguinha/Douglas Lora)


>
MARIANA MARTIM

Cantora e compositora carioca, reside desde 96 em Miami. Iniciou sua carreira adoslecente, no Rio. Neste periodo, gravou um disco pela Som Livre e experimentou o sucesso com várias aparições em programas de TV. Nos anos 80 excursionou pela Europa com o percurssionista Laudir de Oliveira. Estabeleceu-se nos Estados Unidos; viveu e trabalhou na Califórnia com o grupo Brazilian Secrets, e também estudou composição e música na Dick Grove Jazz School.
Atualmente dedica-se a desenvolver seu trabalho de musica e pintura; cantando standarts da musica brasileira em diversas casas noturnas da regiao e tambem em exposições e feiras de arte.Tem músicas gravadas em coletâneas como “Tropical Lollubay” e participações em vários outros. Lançou entre 2005/2008 dois trabalhos independentes : “Bossa Nova Blues”, com bossas temperadas de técnica e emoção; e “Forbiden Fruit” um trabalho mesclado com belas gravações originais e outros clássicos da bossa nova.

A voz de Mariana Martim é doce e conduzida com um tempero emocional que ressalta o lirismo sensual de suas canções.


Escute “Corcovado” (Antonio Carlos Jobim) na voz de Mariana Martim.







ROSE MAX
Cantora e compositora carioca. Rose provém de uma familia com forte tradição musical. Ela é bisneta do maestro e flautista Cupertino de Menezes, que tocava com Chiquinha Gonzaga e neta do guitarrista Manuel de Menezes que trabalhou com Noel Rosa.
No Brasil ela cursou Literatura na UFRJ onde fez parte de um grupo teatral. Durante este periodo, fez parte tambem dos grupos musicais Aequale, Octeto Rio Orchestra e Clube do Samba.
Em 93 veio aos Estados Unidos para cantar num show musical e acabou ficando; e d
esde então passou a se apresentar em vários estados. Estabeleceu-se em Miami onde apresenta-se regularmente em casas de Jazz e do gênero com seu marido , parceiro e violinista Ramatis Moraes. Lançou em 2002 o excelente CD “Brazilian Jazz” (; lançou em 2004 “Atlantico” com canções originais e regravações da MPB; e em 2005 “Fresh” seguindo a mesma linha de trabalho do disco anterior.
Prepara-se atualmente para lançar um novo disco com músicas do show que fez durante 2008 e do qual lançou um DVD; “Cantoras do Brasil”; onde homenageia divas brasileiras dos anos 50 até os dias atuais.

Rose Max é uma cantora solar, sua voz ilumina tudo o que ela canta.

Escute “Me Deixe em Paz” (Monsueto/Ayrton Amorim) na voz de Rose Max, extraida do “Brazilian Jazz”.

7 comentários:

Anônimo disse...

Gostei muito da matéria e ouví-las

muito BOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM...elas cantam bem demais!


abs.
Edu

Anônimo disse...

Bom dia Paul

Das quatro vozes só não consegui ouvir a da Mariana.
A Maguinha me encanta!! o arranjo também, tudo
.
Vc tem razão quanto à Rose.
Sua voz é mesmo solar se isso quer dizer vigorosa...

A Beatriz canta bem demais!
Grandes cantoras!

abs
Fernando

PAUL CONSTANTINIDES disse...

querido
obrigado pelo comentario.
realmente gosto muito destas cantoras.
o problema no som da Mariana esta resolvido.
agora da pra se ouvir.

abs
paul

todoyda disse...

Bom a gente poder falar bem de gente que é boa no que faz. Elas cantam que é uma coisa ein?
Pena que estão tão distantes de mim.
Agora que coisa boa, 50% das suas indicadas são CARIOCAS, rs.
bjks
Cristiane

PAUL CONSTANTINIDES disse...

eh verdade cris...ha muitos cariocas por aqui...paulista (como eu) minoria, mas tudo bem...adoro a diversidade, e nao sou bairrista...
fico feliz por vc.
e agora qdo vier passear aqui no sul da Florida com certeza vai poder curtir uma destas "divas" ao vivo.... :-)

abs
paul

monica ramalho disse...

uau!
furou os jornais brasileiros! rs
porque daria uma bela pauta por aqui.
vou ouvir as moças e depois compartilho com você minhas impressões.
beijo, amigo!

PAUL CONSTANTINIDES disse...

eu moniqueta
obrigado pelo gentil comentario
bjs