16/01/2010

Divas de Outrora

Num momento mais que retrospectivo, despontado com a postagem sobre a Dalva de Oliveira, resolvi rever meu arquivo sobre cantoras do período anterior aos anos 60; e criar esta série.

Dolores Duran, (1930-1959)

Dolores Duran, cantora e compositora carioca que desde a infância cantava em programas de rádio. Começou sua carreira cantando na Radio Nacional com apenas 16 anos de idade. Neste período, nascida Adélia Rocha, adotou o definitivo nome artístico Dolores Duran.
Dolores teve grandes sucessos cantando sambas, samba-canção, boleros. A partir de 1956 de um encontro com Tom Jobim e Vinicius de Moraes, Dolores tornou-se compositora e compôs “Estrada do Sol”, “A Noite do Meu Bem”, entre outras.
A vida sentimental de Dolores foi um tanto atribulada. Outro fator marcante de sua vida foi um problema cardíaco que tinha desde a nascença e que lhe causou um infarto em 1956.
Neste mesmo ano passou por uma gravidez tubária, onde perdeu sua criança e tornou-se estéril. Em 1958 adotou uma criança.
Mesmo com problemas cardíacos, Dolores não abandonava os cigarros e a bebida.
No dia 23 de outubro de 1959, com apenas 29 anos de idade sofreu um infarto fulminante em sua casa.
Dolores nos deixou um legado sentimental.

“Por Causa de Você” (Dolores Duran/Tom Jobim)


“A Noite de Meu Bem”(Dolores Duran)


“A Solidão” (Dolores Duran)


“Na Asa do Vento”(Luiz Vieira e João Do Vale)

8 comentários:

Érico Cordeiro disse...

Paul, Sem dúvida, a maior compositora brasileira, sem demérito a outras grandes mulheres, como Suely Costa, Maysa, Joyce, etc.
Uma ótima lembrança! Engraçado é que antes você havia falado no Agostinho dos Santos, intérprete da melhor versão de Estrada do Sol que eu conheço!
Abração!

Carla Ayres disse...

Salve a Rede Globo que às vezes provome algumas coisas boas!
Dalva de Oliveira!
Inspirando suas recordaçoes e trazendo informaçoes preciosissimas para jovens curiosas pela nossa Boa Musica Brasileira!
Salva as grandes Divas!
Salve Paul(ito)!

pituco disse...

grande, paul,

essa terra brasilis abençoada em talentos, destacadamente, em nossa música...e tudo pinçado com maestria por ti...valeô

o érico lembrou da interpretação de 'estrada do sol' por agostinho dos santos...que de fato é fundamental...assim como eu curto pacas a interpretação de eliane elias em 'por causa de você'.

abraçsonoros e pacíficos

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

pituco
gosto de dolores, gosto de eliane, gosto de agostinho, de gostinhos deliciosos...
fundamental o q vc disse: terra abençoada por talentos musicias.
obrigado pelo comentário amigo.
abs
paul

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

Erico, grandes compositores, grandes vozes...tudo por esta estrada de sol.
abs
paul


Salve Renata.
do Paraná até aqui um grande abraço.
beleza pura.
abs
paul

Rotten´N spoiled disse...

"hoje eu quero a rosa mais linda que houver..." isto é poesia pura,não? Augostinho dos Santos é lirismo também.Sabe quem eu estava ontem ouvindo e lembrei? O Luiz Vieira!!!!! falando de lirismo e poesia pura...

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

q beleza Rotten
q beleza

abs
paul

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

q beleza Rotten
q beleza

abs
paul