08/07/2011

adeus billy blanco

BILLY BLANCO
(Belem do Para, 1924 – Rio de Janeiro, 2011)


Adeus Teresa da Praia, não é de ninguém.
Ah Billy Blanco! Amar é tão bom.

Obrigado grande poeta da bossa, do samba e do louvor.

Hoje o tempo olhou para você, e

Parodiando o seu hino a São Paulo (O Tempo e a Hora)

Disse-lhe:

- “Olha a hora, vambora, vambora!”



Tereza da Praia (Tom Jobim/Billy Blanco) canta Dick Farney e Lucio Alves
O Tempo e a Hora (Billy Blanco) canta Claudia, Pery Ribeiro e Coro

4 comentários:

pituco disse...

missão cumprida por aqui...

e na gafieira segue o baile calmamente...que sr.blanco siga em paz...

um minuto de silência do paulistano agradecido pelo verdadeiro hino de nossa cidade...

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

é isso ai pituco.
grande nome da nossa musica.
abs
paul

Dan disse...

Oi Paul,

Sublime homenagem!

Abraços

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

grato Dan.
abs
paul