11/07/2011

saudosas bolachas (05/1974

JORGE MAUTNER"
JORGE MAUTNER” (1974)

Muitos fatores fazem do álbum “Jorge Mautner”, lançado em 1974 pela Polydor, um marco da cultura pop brasileira. Pode-se começar pela capa, um interessante mosaico de imagens e desenhos que formam letras em matizes coloridas feitas pelo artista gráfico Rogério Duarte. Outro fator é o momento criativo de Jorge Mautner e seu parceiro Nelson Jacobina imersos numa produção com letras inspiradas em literatura de revista em quadrinhos, do cinema e da própria cultura pop; aliando-se a isto a musicalidade pós-tropicalista desconstruindo o rock, o samba e a musica pop. Leva-se em conta, ainda, a participação de juventude musical criativa de músicos como Tutty Moreno (bateria), Roberto Carvalho (teclado), Rodolfo Grani (baixo), Nelson Jacobina (guitarra) e da direção musical de Gilberto Gil. Todas as musicas deste disco estão embaladas num mesmo astral, levadas pela mesma energia e apelo de serem contemporâneas, belas, populares e criativas. Esta é a energia motora do violino de Mautner, de sua poesia e do emblema que invoca e provoca em sua volta. Jorge Mautner (1974) é um potente Molotov de ginga e sutil rebeldia dos anos 70.

“Cinco Bombas Atömicas”(Nelson Jacobina/Jorge Mautner)

“Matemática do Desejo”(Jorge Mautner)

“O Relogio Quebrou”(Jorge Mautner)


Salto No Escuro”(Nelson Jacobina/Jorge Mautner)

Maracatu Atomico”(Nelson Jacobina/Jorge Mautner)

2 comentários:

Érico Cordeiro disse...

Mais um disco indispensável, desse maluco genial.
Tenho esse disco, e mais outros três, incluindo o Bomba de Estrelas (autografado, durante o show do Mautner em São Luís, durante o saudoso Projeto Pixinguinha).
Maravinha, Mr. Paul!

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

Erico, durante o fim dos anos 70 eu e alguns amigos iamos a muitos shows do Mautner em SP, era uma alegria só. Foi uma grande influência para mim em vários sentidos. Gosto muito do Disco Pirata, de 72, e o Bomba de Estrelas tbm é super legal.
O projeto Pixinguinha deveria voltar a existir, ou algo similar. Foi um projeto q fez muita gente conhecer de perto vários artistas interessantes, e em várias regiões do país.
abs
musa musicais
paul