08/03/2012

Mulheres

MULHER
(Paul Constantinides)

Mulher canta
O encanto que me dá
Chuva fina no meu ser
Doce luar

Mulher chora
No meu peito a desfolhar
Toda minucia que procura
O desfrutar

Mulher raia
Sol de praia no meu ser
E me toma e me doma
Sem querer

Desta vida
Ser um homem que prazer
A mulher conhecer
É o maior bem

9 comentários:

Lu Saharov disse...

OBRIGADA PELA HOMENAGEM, AMIGO!
lINDOS VERSOS, LINDO DESENHO!
LINDO VOCÊ!
BEIJOS!

Nelson Rago disse...

Lindo poema!
Abraço Paul!!

paul constantinides disse...

lud
muito obrigado. elogio vindo de vc
é uma grande alegria.
o desenho fui eu quem fiz tbm. q bom q gostou, náo costumo divulgar
muito este meu trabalho.
abs
paul

paul constantinides disse...

nelson obrigado
abs
paul

Raquel Bigareli disse...

que lindo Paul!!!!
um grande abraço
Raquel

rogerio santos disse...

Olá Paul,
Que lindo texto... super musical...
É canção ou ainda não?

Abraços, Rogerio Santos

paul constantinides disse...

raquel gracias pela mensagem
abs
paul

paul constantinides disse...

rogeria
qdo escrevi veio uma melodia...mas ainda não virou musica não..pretendo q sim
abs
paul

Anônimo disse...

Paul, adorei o seu poema, quero mais..mais Abçs..Lena