13/10/2009

Saudosas Bolachas (14/1972)

CLARA NUNES
“CLARA, CLARICE, CLARA” (1972)


Clara Nunes (1943-1983), a cantora mineira de boleros dos anos 60 que em 1970 se tornou uma das vozes expressivas do samba brasileiro; em 1972 vinha com o seu segundo disco desta fase : “Clara , Clarice, Clara”, que traz sambas tradicionais de Cartola e Nelson Cavaquinho, passando por Dorival Caymmi; João Nogueira e Caetano Veloso.
O album traz a voz marcante e emocional de Clara Nunes que dá ao samba um sabor diferenciado que ela canta em forma de elegia e com solenidade. Este é o segundo disco de uma trilogia da carreira de Clara Nunes, que culminaria no ano seguinte, onde ela em três anos seguidos lançaria uma obra expressiva do samba dos primeiros anos da decada de 70.
Um belo disco com a luminosidade de Clara Nunes; “Clara, Clarice, Clara”.

“Seca do Nordeste”( Waldir de Oliveira & Gilberto Andrade)


“Ilu Ayê/Terra da Vida” (Dorival Caymmi)





ELIANA PITTMAN
”ELIANA PITTMAN” (1972)


Filha da brasileira Ophelia com o saxofonista norte-americano Booker Pitman, Eliana Pitman (1945) se tornou cantora na adolescência acompanhando o pai. Depois, a partir de 1961 iniciou sua carreira cantando em cassinos, shows de TV; excursionando pelo Brasil e pelos Estados Unidos. Sua musica associava-se ao samba canção e pós-bossa nova. Cantora carismatica e de voz cristalina teve importancia no periodo de transição entre os anos 60 de ser uma cantora jovem, talentosa ligada ao Jazz.
Em 1972 ele lançou no Brasil, pela EMI, o album : “Eliana Pittman”, com canções de seu universo jazistico brasileiro, bem delineado, e trazendo sua maturidade e graciosidade vocal. O disco tem canções do nordestino Humberto Teixeira, mas traz o frescor de Paulo Cesar Pinheiro e do cearense Ednardo, até então, inédito.

“Bezouro Mangagá” (Paulo Cesar Pinheiro)


“Beira Mar”(Ednardo)




ELZA SOARES
“ELZA PEDE PASSAGEM”(1972)

Elza Soares (1937) é uma cantora de trajetória meteórica. Nasceu numa favela do Rio de Janeiro em 1932 e na adolescencia foi apadrinhanda por Ari Barroso que a viu num programa de calouros. Durante os anos 50 se tornou uma cantora bastante popular e aclamada por seu estilo vibrante e, por muitos, considerado exagerado.
Dona de uma voz extraordinária capaz de transformar qualquer samba em nota personalissima, Elza em 1972 tinha uma carreira exitosa, mas estava ha quatro anos sem gravar.
“Elza Pede Passagem” é um marco do reviravolta na carreira da cantora. O disco adiciona o ritmo “soul” nos sambas com ajuda dos arranjos e a banda de Dom Salvador, que mais tarde originaria o famoso grupo Maria Fumaça. Elza grava Jorge Ben e autores, então novos, como João Nogueira e Gonzaguinha. Um disco vibrante e com a marca vocal rascante de Elza Soares, uma cantora original da Terra Brasilis..

“Cheguendengo” (Antonio Carlos/Jocafi)


“Mais do que Eu” (João Nogueira)

5 comentários:

pituco disse...

grande paul,
post piramidal...rs

lembro-me de um samba da eliana pittman...esse mar é meu/leva seu barco pra lá desse mar...dizia o refrão(eu era muito garoto mesmo...rs)

agora,elza soares e clara nunes são divas do samba, não é não?

curti tudo aqui
abraçsons pacíficos
e valeô a visita e comentário lá no meu 'rancho virtual'.

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

grande pituco
obrigado pelo comentario.

a eliana gravou "Esse Mar Eh Meu" tbm em 72, mas nao em album eu creio...apenas compacto

elza e clara e incluo a eliana..super divas da musica brasileira.

sem duvidas
abs pra vc e
conectado com o seu lindo trabalho musical pituco, siga em frente!!
paul

Érico Cordeiro disse...

Grandes cantoras, grandes sambistas!!!
A Elza continua firme e forte.
Pena que a Clara tenha nos deixado tão sedo!!!
E o Mr. Paul, como de hábito, aprontando ótimos resgates histórico-musicais!!!!

Érico Cordeiro disse...

Aaargh! Que erro maluco!!!
É cedo e não sedo!! C-E-D-O, ok?

Paul Brasil (Paul Constantinides) disse...

Erico sem duvida a Clara nos deixou cedo...mas pelo menos deixou-nos belos registros.
Elza continua firme e renovadora. tipo Tina Turner Brazuqueira...risos...
abs
e tudo de bom
paul